Mais uma dica pra vocês

Posted quarta-feira, 30 de dezembro de 2009 by ercy
Recado simbólico: O Sol


O simbolismo do Sol é muito diversificado e rico de contradições. Se não é próprio deus, é, para muitos povos, a manifestação da divindade. Pode ser concebido como filho do Deus supremo e irmão do arco-íris. É também o olho do Deus supremo.

O Sol imortal nasce toda manhã e se põe toda noite no reino dos mortos; portanto, pode levar com ele os homens e, ao se pôr, dar-lhes a morte; mas, ao mesmo tempo, pode guiar as almas pela regiões infernais e trazê-las de volta à luz no dia seguinte. O Sol

gera e devora os seus filhos, dizem os Upanixades.

O Sol é a fonte da luz, do calor, da vida. Seus raios representam as influências celeste, ou espirituais, recebidas pela Terra. Guénon observou que a iconografia algumas vezes representa esses raios sob uma forma alternativamente retilínea e ondulada: trata-se de simbolizar a luz e o calor ou, de outro ponto de vista, a luz e a chuva, que também são os aspectos yang e yin do brilho vivificante



Texto: excertos de J. Chevalier, Dicionário de Símbolos, Editora José Olympio






















>> CRISTAIS << Os cristais têm o poder de absorver, transformar, gerar energia. Podem ser utilizados para limpeza, energização pessoal e de ambientes, massagens terapêuticas, etc. Todos os cristais devem ser limpos e energizados antes de serem utilizados. Para limpar seus cristais, você pode deixá-los imersos em água e sal grosso, durante algumas horas. Depois deixe-os sob água corrente, a fim de retirar o sal. Coloque novamente imerso em água pura por mais algumas horas e por fim deixe-os no sol para que sejam energizados. Você também pode deixá-los sobre a terra para que ela absorva as energias negativas neles retidos. Outras formas de energizar os cristais é deixando-os sob a água da chuva, passá-los sobre incenso ou defumador, deixá-los sobre raios de da lua cheia, etc. Após limpo e energizados você poderá começar a usar seus cristais. Tipos de cristais a) Proteção do lar e estabelecimentos comerciais: turmalina negra (afasta as energias negativas), ônix (contra energias negativas), ametista (transmuta negatividade em positividade), olho de tigre (contra falsidade, inimigos ocultos, traz a verdade), quartzo branco (purificação e energização). b) Prosperidade comercial e profissional: citrino amarelo (atrai boas energias, abre os caminhos), topázio (traz melhoras financeiras), esmeralda (fartura), olho de tigre (sucesso), pedra da lua (criatividade, disposição), olho de falcão (novos horizontes). ÁGUA ENERGIZADA Para energizar a água, você pode colocar dentro de uma garrafa de água ou no filtro, um quartzo branco (incolor). Isso traz benefícios a quem toma (antes de usá-lo, siga as instruções de limpeza e energização). BANHO ENERGIZANTE COM CRISTAIS Em uma vasilha com água colocar os seguintes cristais: > quartzo rosa: acalma os sentimentos, trazendo auto-estima, amor
> quartzo branco: traz energia, clareia a mente, protege
> turmalina negra: afasta energias negativas, cortam cordões eletromagnéticos negativos
> ametista: transmutam energias negativas em positivas
> citrino: trazem prosperidade

Cubra a vasilha com papel filme ou plástico transparente. Deixe no sol, para que a água também receba a energia dos raios solares. Retire as pedras e após o banho higiênico, jogue este líquido, desde a cabeça aos pés. Se você possuir uma banheira, coloque o líquido junto com os cristais e permaneça na imersão por 20 minutos.

Observação: os cristais já deverão estar limpos e energizados antes de se fazer o banho.

MEDITAÇÃO COM CRISTAIS

De preferência procure um lugar tranqüilo, onde você não irá ser incomodado, acenda um incenso suave para que o ambiente seja purificado e preparado. Deite-se de barriga para cima, de modo que se sinta confortável. Limpe e energize os seguintes cristais:

> turmalina negra ou olho de tigre: deverá ser colocada sobre o chacra básico (próximo aos órgãos genitais).
> Cornalina: deverá ser colocado sobre o chacra esplênico (acima dos órgãos genitais e abaixo do umbigo).
> Citrino amarelo: colocado no chacra umbilical (acima do umbigo).
> Quartzo rosa ou turmalina rosa: deverá ser colocado sobre o chacra cardíaco (sobre o peito).
> Água marinha ou turquesa: deverá ser colocado sobre o chacra laríngeo (no pescoço, perto da faringe).
> Lápis lazúli: deverá ser colocado sobre o chacra frontal (entre as sobrancelhas, na região do terceiro olho).
> Quartzo branco: deverá ser colocado sobre o chacra coronário (no alto da cabeça).

Após se deitar, coloque um-por-um os cristais nos pontos energéticos, permanecendo por 25 minutos. Procure espirar lentamente pelo nariz e inspirar pela boca. Relaxe, distanciando os pensamentos dos problemas. Esse é um momento só seu, aproveite.

Se você puder, coloque uma música suave para que o relaxamento seja mais profundo. Diminua a intensidade da luz no ambiente.

Esse ritual energiza e purifica os centros energéticos do nosso corpo.

Os cristais para com essa finalidade devem ser guardados exclusivamente para essa prática.

Dica: muitas pessoas hoje têm fontes em casa, amplie os seus benefícios energéticos adicionando cristais na sua água. Só não se esqueça de trocar a água semanalmente.

Cristais e os signos do zodíaco:

Áries : jaspe vermelho, rubi, cornalina, rodonita, água-marinha.

Touro: quartzo rosa, safira, esmeralda, jade, coral.

Gêmeos: pedra da lua, citrino, ágata, olho de tigre, pérola.

Leão: âmbar, crisoberilo, rubi, quartzo branco, cornalina.

Virgem: ágata, citrino, amazonita, cornalina.

Libra: esmeralda, jade, turmalina rosa, citrino.

Escorpião: água marinha, opala, turmalina, quartzo branco.

Sagitário: topázio, olho de tigre, quartzo azul, lápis lazúli, turquesa.

Capricórnio: ônix, rubi, opala negra, obsidiana, diamante, quartzo fumê.

Aquário: sodalita, turmalina azul, granada, turquesa, opala.

Peixes: ametista, ônix, pérola, coral, ág ua marinha.


Cristais para auxiliar sua vida amorosa:

* para área sexual: diamante, esmeralda, granada, safira e rubi.

* para aumentar o poder de atração: hematita, jaspe, turquesa, jade e quartzo rosa.

* para controlar ciúmes e evitar brigas: coral, esmeralda, topázio, ametista e pérola.

* para abrir os caminhos na vida amorosa: zircônio, rubi, quartzo rosa e jade.

Sobre feng shui

Posted segunda-feira, 14 de dezembro de 2009 by ercy
>> FENG SHUI
(Pronuncia-se fong shuei)
É uma técnica que visa neutralizar as energias negativas (cura pelo Feng Shui).
Surgiu há pelo menos três mil anos. Baseia-se nos cinco elementos (água, terra, fogo, metal e madeira) da astrologia chinesa e no yin (feminino, negativo) e yang (masculino, positivo) que são as energias opostas e na vital Chi.
O Feng Shui utiliza o Ba-Guá que é uma figura geométrica de oito lados, cada lado representa uma subdivisão dos pontos cardeais onde se relacionam com um determinado aspecto como: trabalho, espiritualidade, família, prosperidade, sucesso, relacionamentos, criatividade e amigos.
O princípio do Feng Shui é a energia Chi que quer dizer que tudo tem energia, vida e tudo se transforma e é ligado por essa energia. Você pode aumentar o Chi mantendo sua casa arrumada, limpa, se desfazendo de objetivo e utensílios que não utiliza mais.


>> FENG SHUI - SÍMBOLOS DOS ANIMAIS
Sapo - riqueza
Fênix - sucesso
Dragão - vigor
Serpente - força
Tigre - proteção (colocado fora de casa, à frente).
Tartaruga - saúde


>> FENG SHUI - BANHEIRO
O banheiro é considerado um ladrão de energia da casa, por ser um lugar de troca de energia. Há um a grande concentração de energias negativas. Com pequenas correções os problemas podem ser resolvidos.
Mantenha a tampa do vaso sanitário sempre abaixado, principalmente durante o acionamento da descarga.

Mantenha plantas no banheiro. Elas ajudam a absorver as energias negativas.

Mantenha ralos tapados com papel filme.

Torneiras e registros devem estar sempre em ordem (evitar vazamento de água).

Coloque um espelho na porta do banheiro.

Mantenha a porta sempre fechada.

Mantenha o banheiro sempre limpo e organizado.

Não deixe que as toalhas permaneçam úmidas.

Tenha sempre um cristal no banheiro.

>> FENG SHUI - COZINHA
A cozinha é considerada o ponto forte da casa, pois nela é transformado o alimento (energia) há presença de dois elementos importantíssimos como água e fogo. Aliás, o fogão é considerado o cofre da casa, pois a energia do fogão traz prosperidade.
Pinte a cozinha com cores claras.

Fogão, pia e geladeira devem estar colocados à distância um do outro.

Não coloque lixo (ou lixeira) sobre a pia.

Mantenha tudo limpo.

O fogão deve estar em perfeita ordem, procure utiliza-lo de forma rotativa, para que a energia circule, nunca utilize um queima dor apenas.

A cozinha deve ser bem iluminada e arejada.

Coloque um espelho atrás do fogão, para que a energia do fogo seja ampliada.

Mantenha alguma planta (se possível flores amarelas).

Alimentos em grãos trazem prosperidade. Tenham-os em potes transparente como enfeites.

Armários devem estar organizados.

Não deixe acumular gelo na geladeira.

>> FENG SHUI - JARDINS
O jardim é uma fonte de energia, pois representa a vida, a energia da terra, o ar, o sol. Devemos mantê-lo sempre limpo, retirando folhas secas e amarelas, controlar pragas e doenças.
Evite plantas com espinhos próximo à entrada e em cantos.

Plante árvores frutíferas, pois atrairá pássaros (trazendo prosperidade).

Próximo à entrada da casa procure ter um vaso de 7 ervas para afastar más energias.

Tenha uma fonte (não importa o tamanho).

Plante fores vermelhas e amarelas (simbolizam a prosperidade).

Pedras brancas fazem contraste equilibrando as energias.

>> FENG SHUI - QUARTOS
O quarto é um local de descanso, onde se recupera as energias, é um lugar aconchegante, de amor.

A cama deve ser posicionada longe de portas e janelas. Não se deve colocar nada acima dela como prateleiras, aparelhos eletrônicos, quadros, etc.

Nunca posicione a cabeceira da cama alinhada com um banheiro ou em cima de tubos de esgoto ou sob janelas.
Caso não seja possivel posicionar a cama de outra forma, pendure um cristal no teto sobre a cama. Os pés da cama não devem ficar de frente para portas. Não coloque objetos em baixo da cama.

Caso tenha espelhos no quarto, tome cuidado para que ao se deitar, seu reflexo não bata na cama.

Evite cores fortes.

Caso durma em uma suíte, mantenha a porta do banheiro constantemente fechada.

Coloque um prisma da água no canto da janela.

Mantenha gavetas e armários arrumados.

Coloque um saquinho com ervas nos armários e gavetas.

No sapateiro deve ser colocado uma turmalina negra para absorver energias negativas.

Televisores, aparelhos de som, etc., devem ser evitados por desestabilizarem a energia vital.
Caso não seja possivel retira-los, coloque um cristal sobre cada um deles, e quando não estiver utilizando, desligue-os evitando deixá-los em stand-by.

Evite excesso de plantas, pois elas absorvem o oxigênio.

Mantenhas as janelas abertas durante o dia para que a energia circule.

Mantenha objetos em pares (ex.: ao colocar uma vela, coloque duas).

Evite imagens de santos e objetos religiosos.

Mantenha um cristal de quartzo rosa próximo à cama.

>> FENG SHUI - SALA DE JANTAR
A sala de jantar deve ser um lugar bem iluminado e aconchegante, pois é o local de reunião familiar, de alimentação, onde se ingere energia.
Procure optar por meãs redondas ou com cantos arredondados para que a energia flua.

Espelhos próximos à mesa são positivos, pois irá duplicar a prosperidade ligada a alimentação.

Mantenha sobre a mesa um arranjo com frutas variadas.

Plantas e flores trazem energia positiva.

Mantenha um foco de luz sobre a mesa, pois ela deve ser o objeto principal da sala.

Caso sua sala de jantar seja uma extensão da sala de visitas, coloque algum objeto como divisória (vasos, biombos, grades).

>> FENG SHUI - SALA DE ESTAR
Deve ser um lugar acolhedor e bem iluminado.

Prefira móveis com cantos arredondados para que a energia circule.

Não posicione as costas de sofás ou móveis de costas para a porta.

Evite muitos móveis, principalmente próximo à porta para que a energia flua.

Coloque objetos com cores quentes.

Caso a sala seja pequena, coloque espelhos nas paredes mais compridas, para dar a sensação de prolongamento.

Procure ter várias janelas para que a luz do sol energize-as.

Coloque livros, revistas, fotografias dos moradores, diplomas.

>> FENG SHUI - ENTRADA DA CASA
A energia entra pela porta da frente, por isso está deve estar livre de objetos para que eles não dificultem a entrada da energia.
Portas devem abrir para dentro e nunca para fora.

Mantenha fechaduras em perfeita ordem, além de manter lubrificadas as dobradiças.

Portas devem abrir com facilidade.

Mantenha um Ba-Guá em forma de espelho na porta para afastar energias negativas.

Ao se colocar diante da porta de entrada não devemos avistar banheiros nem as portas do fundo, caso isso aconteça procure dificultar a visão, colocando-se vasos, divisórias, biombos, além de se colocar cristais pendurados no teto próximo a estas áreas (no caso do banheiro as portas devem ficar fechadas).

A entrada de sua casa deve ser de fácil acesso.

O número de sua casa deve estar bem visível.

Ponha um sino dos ventos atrás da porta para atrair boas energias.

>> FENG SHUI - DICAS
Evite manter em casa objetos quebrados ou sem uso.

Evite fotos de pessoas falecidas.

Ao se adquirir móveis usados, limpe-os com água e sal grosso e defume com incenso.

Evite goteiras, vidros quebrados ou trincados, lâmpadas queimadas ou lustres com defeitos.

Evite ambiente com piso e paredes da mesma cor.

Retire qualquer sinal de mofo em sua casa.

Mantenha um local próprio para suas orações, onde possa colocar objetos, imagens relacionadas à sua crença.

Deve-se evitar em quartos e banheiros.

Durante o dia mantenha janelas abertas para que a energia seja renovada e o ar circule.

Mantenha objetos relacionados aos cinco elementos utilizados no Feng Shui (fogo, terra, metal, água e madeira).

>> FENG SHUI - CORES
As cores trazem boas vibrações e energiza o ambiente quando bem utilizadas.
Branco: cor neutra que deve ser quebrada com outras cores, para que os ambientes não fiquem frios. Pode ser utilizada em qualquer ambiente.

Preto: deve ser utilizada com cuidado e apenas em objetos de decoração.

Lilás: ligada à espiritualidade e transmutação. Deve ser usada com cuidado, pois pode ser cansativa.

Amarelo: estimulante e energizante. Ideal para cozinhas e salas de jantar, não deve ser usada em excesso.

Laranja: estimulante, portanto deve ser usadas em pequenas áreas. É boa para cozinha e sala de estar.

Verde: calmante, é a cor da cura. Deve ser usada em banheiros.

Vermelho: atrai sucesso e riqueza (fogo), é excitante e deve ser usada em pequenos detalhes no quarto do casal para estimular a sensualidade. Podem ser usadas em velas, flores e pequenos enfeites.

Azul: cor calmante, não deve ser usada em excesso para não perder a concentração, pois ficar calmo demais estimula o sono.

Sobre cristais

Posted by ercy
>> CRISTAIS << Os cristais têm o poder de absorver, transformar, gerar energia. Podem ser utilizados para limpeza, energização pessoal e de ambientes, massagens terapêuticas, etc. Todos os cristais devem ser limpos e energizados antes de serem utilizados. Para limpar seus cristais, você pode deixá-los imersos em água e sal grosso, durante algumas horas. Depois deixe-os sob água corrente, a fim de retirar o sal. Coloque novamente imerso em água pura por mais algumas horas e por fim deixe-os no sol para que sejam energizados. Você também pode deixá-los sobre a terra para que ela absorva as energias negativas neles retidos. Outras formas de energizar os cristais é deixando-os sob a água da chuva, passá-los sobre incenso ou defumador, deixá-los sobre raios de da lua cheia, etc. Após limpo e energizados você poderá começar a usar seus cristais. Tipos de cristais a) Proteção do lar e estabelecimentos comerciais: turmalina negra (afasta as energias negativas), ônix (contra energias negativas), ametista (transmuta negatividade em positividade), olho de tigre (contra falsidade, inimigos ocultos, traz a verdade), quartzo branco (purificação e energização). b) Prosperidade comercial e profissional: citrino amarelo (atrai boas energias, abre os caminhos), topázio (traz melhoras financeiras), esmeralda (fartura), olho de tigre (sucesso), pedra da lua (criatividade, disposição), olho de falcão (novos horizontes). ÁGUA ENERGIZADA Para energizar a água, você pode colocar dentro de uma garrafa de água ou no filtro, um quartzo branco (incolor). Isso traz benefícios a quem toma (antes de usá-lo, siga as instruções de limpeza e energização). BANHO ENERGIZANTE COM CRISTAIS Em uma vasilha com água colocar os seguintes cristais: > quartzo rosa: acalma os sentimentos, trazendo auto-estima, amor
> quartzo branco: traz energia, clareia a mente, protege
> turmalina negra: afasta energias negativas, cortam cordões eletromagnéticos negativos
> ametista: transmutam energias negativas em positivas
> citrino: trazem prosperidade

Cubra a vasilha com papel filme ou plástico transparente. Deixe no sol, para que a água também receba a energia dos raios solares. Retire as pedras e após o banho higiênico, jogue este líquido, desde a cabeça aos pés. Se você possuir uma banheira, coloque o líquido junto com os cristais e permaneça na imersão por 20 minutos.

Observação: os cristais já deverão estar limpos e energizados antes de se fazer o banho.

MEDITAÇÃO COM CRISTAIS

De preferência procure um lugar tranqüilo, onde você não irá ser incomodado, acenda um incenso suave para que o ambiente seja purificado e preparado. Deite-se de barriga para cima, de modo que se sinta confortável. Limpe e energize os seguintes cristais:

> turmalina negra ou olho de tigre: deverá ser colocada sobre o chacra básico (próximo aos órgãos genitais).
> Cornalina: deverá ser colocado sobre o chacra esplênico (acima dos órgãos genitais e abaixo do umbigo).
> Citrino amarelo: colocado no chacra umbilical (acima do umbigo).
> Quartzo rosa ou turmalina rosa: deverá ser colocado sobre o chacra cardíaco (sobre o peito).
> Água marinha ou turquesa: deverá ser colocado sobre o chacra laríngeo (no pescoço, perto da faringe).
> Lápis lazúli: deverá ser colocado sobre o chacra frontal (entre as sobrancelhas, na região do terceiro olho).
> Quartzo branco: deverá ser colocado sobre o chacra coronário (no alto da cabeça).

Após se deitar, coloque um-por-um os cristais nos pontos energéticos, permanecendo por 25 minutos. Procure espirar lentamente pelo nariz e inspirar pela boca. Relaxe, distanciando os pensamentos dos problemas. Esse é um momento só seu, aproveite.

Se você puder, coloque uma música suave para que o relaxamento seja mais profundo. Diminua a intensidade da luz no ambiente.

Esse ritual energiza e purifica os centros energéticos do nosso corpo.

Os cristais para com essa finalidade devem ser guardados exclusivamente para essa prática.

Dica: muitas pessoas hoje têm fontes em casa, amplie os seus benefícios energéticos adicionando cristais na sua água. Só não se esqueça de trocar a água semanalmente.

Cristais e os signos do zodíaco:

Áries : jaspe vermelho, rubi, cornalina, rodonita, água-marinha.

Touro: quartzo rosa, safira, esmeralda, jade, coral.

Gêmeos: pedra da lua, citrino, ágata, olho de tigre, pérola.

Leão: âmbar, crisoberilo, rubi, quartzo branco, cornalina.

Virgem: ágata, citrino, amazonita, cornalina.

Libra: esmeralda, jade, turmalina rosa, citrino.

Escorpião: água marinha, opala, turmalina, quartzo branco.

Sagitário: topázio, olho de tigre, quartzo azul, lápis lazúli, turquesa.

Capricórnio: ônix, rubi, opala negra, obsidiana, diamante, quartzo fumê.

Aquário: sodalita, turmalina azul, granada, turquesa, opala.

Peixes: ametista, ônix, pérola, coral, ág ua marinha.


Cristais para auxiliar sua vida amorosa:

* para área sexual: diamante, esmeralda, granada, safira e rubi.

* para aumentar o poder de atração: hematita, jaspe, turquesa, jade e quartzo rosa.

* para controlar ciúmes e evitar brigas: coral, esmeralda, topázio, ametista e pérola.

* para abrir os caminhos na vida amorosa: zircônio, rubi, quartzo rosa e jade.

Aromaterapia

Posted by ercy
DEFINIÇÃO

O que é aromaterapia?
É a arte e a ciência da terapêutica de aplicação de substâncias aromáticas naturais, os óleos essenciais, em massagens, banhos, inalações, etc.. Serve para auxiliar na cura de sintomas físicos, emocionais e espirituais.

O que são os óleos essenciais?
São as substâncias naturais presentes nas plantas, responsáveis pelos odores aromáticos que nelas encontramos. Este produto é a parte nobre obtida após a destilação de plantas aromáticas. Uma planta dita aromática é a que contém as substâncias que fornecem odores aromáticos em quantidade suficiente e possuem princípios ativos para serem destilados pelo vapor da água. Estas substâncias estão presentes nas flores, folhas, casca de árvores, casca dos frutos cítricos, raízes, sementes e bagas, quase sempre vegetais superiores - chamados de "Fanerógamas".

O que são óleos vegetais?
São os óleos graxos, chamados carreadores, prensados a frio, de nozes, sementes, etc. São utilizados em aromaterapia para conduzir os óleos essenciais, por meio de massagens para a epiderme, derme (absorção pela pele), corrente sanguínea e linfática. A estrutura molecular dos óleos vegetais favorece a absorção completa dos óleos essenciais.

A IMPORTÂNCIA DA QUALIDADE

Para obter melhores resultados, os óleos essenciais devem ser adquiridos de uma fonte confiável, pois os óleos mais raros podem ser caros. Os óleos de qualidade são muitos concentrados. Um pequeno frasco dura muito tempo. Um óleo verdadeiro tem o odor característico da planta. É vigoroso, não apenas forte. Com o aprimoramento do olfato todos são capazes de identificar um óleo puro e verdadeiro, que não contém adições de produtos químicos que alteram suas funções terapêuticas.

Eles sempre devem ser guardados em frascos de vidros escuros (nunca em plástico), em lugar fresco, seco e não ficar exposto à luminosidade. Nunca deixe um óleo essencial aberto, pois são voláteis e as misturas oxidam em contato em contato com o ar.

Na forma fisiológica, os óleos podem ser utilizados tanto na inalação, como também em massagens, compressas ou escalda-pés, entre outras aplicações.

Quando usados topicamente (externamente), devido aos seus inúmeros componentes, os óleos irão interagir com a química corporal das mais variadas formas. Em massagens, por exemplo, eles serão absorvidos pela pele e transportados para todo o organismo.

Veja como funciona: pegarmos um dente de alho e esfregarmos na sola dos pés, o óleo volátil nele contido aparecerá no hálito da pessoa que executou a experiência em 20 minutos. Os óleos essenciais são absorvidos pela pele em diferentes tempos. Por exemplo: o eucalipto e o tomilho são absorvidos entre 20 e 40 minutos; a citronela, a lavanda e o gerânio entre 40 e 60 minutos. Além disto, é importante reconhecer que os óleos essenciais irão trabalhar em três formas distintas: farmacológica, fisiológica e psicológica, podendo inclusive agir nas três formas concomitantemente.

Na forma fisiológica eles afetam os vários sistemas corporais, podendo estimulá-los ou sedá-los, dependendo do óleo utilizado. Serão ainda anti-sépticos, antiinflamatórios, fungicidas, cicatrizantes, estimulantes do sistema linfático, hipotensores, hipertensores, ativadores do sistema circulatório, agentes anti-tóxico, rubesfascientes, depurativos, tônicos circulatório ou adstringentes, entre outras funções.

No sistema respiratório agirão como expectorantes, antiespasmódicos, agentes balsâmicos, anti-sépticos, entre outras propriedades.

No sistema digestivo serão antiespasmódicos, estomáquicos, digestivos, carminativos, colagogos, hepáticos, etc.

No sistema genito-urinário e endócrino podem atuar como antiespasmódicos, emenagogos, tônicos uterinos, reguladores endócrino, agentes bactericidas, anti-sépticos, galactogênicos, afrodisíacos, estimulantes adrenais, anti-sépticos urinário, entre outras formas de uso.

No sistema imunológico são agentes anti-virótico, bactericidas, agentes febrífugos, diaforéticos, sudoríficos, etc.

No sistema nervoso são indicados como sedativos, estimulantes, tônicos do sistema nervoso, revigorantes, etc.

Há ainda a utilização dos óleos essenciais com fins estéticos.


INDICAÇÕES DE ÓLEOS ESSENCIAIS UTILIZADOS EM MASSAGENS E AROMATIZAÇÃO

Relaxante: lavanda, manjerona, laranja, camomila, petitgrain, pau rosa.

Tônicos: alecrim, limão, cipreste, gerânio, junípero.

Respiratórios: pinho, eucalipto glóbulo, tea tree, hortelã pimenta, hortelã do Brasil.

Circulatórios: cipreste, canela, hortelã pimenta, pimenta negra.

Afrodisíacos: ylang ylang, canela, cravo, patchouli, rosa, jasmim.

Fadiga geral: limão, gerânio, alecrim, tomilho.

Tensão nervosa: manjerona, lavanda, ylang ylang, pau rosa.


ALGUNS DOS PRINCIPAIS ÓLEOS ESSENCIAIS



Alecrim
(Rosmarinus officinalis - Família: Lamiaceae / Labiadas)

Propriedades: Antibactericida, antiinfeccioso (vaginite e candidíase), anticatarral (bronquite e sinusite), anti-séptico, antiespasmódico (digestivo e cardiovascular), antiviral (hepatite viral e celular), desintoxicante (fígado e afecções biliares), estimulante, rubefasciente, expectorante (tosses e bronquites), regulador do sistema nervoso (depressão nervosa, fadiga, problemas de digestão por depressão nervosa e problemas sexuais), carminativo, emenagogo, relaxante muscular, diurético e descongestionante.

Principais Constituintes: Cineol, cânfora, borneol, canfeno, alfa pineno e nopineno.

Ações: Popular na aromaterapia por reviver, aquecer, estimular e restaurar o corpo. Excelente para refrescar músculos, pés e mentes cansados. Favorece a concentração e é indicado para ser usado em alongamentos, visando manter a elasticidade. Ajuda combater a retenção de água, celulite e fadiga. Excelente tônico capilar contra queda de cabelos. Limpa atmosfera carregada. Como é um óleo estimulante, restaura a vigilância e é ótimo para ser usado após um longo e trabalhoso dia. Usado também para dores reumáticas e musculares, problemas respiratórios, caspa, retenção de líquidos, má circulação e pressão baixa. Melhora a memória e a atenção.

Extração: O óleo é extraído das folhas do arbusto perene, cultivado na Inglaterra, Mediterrâneo, Califórnia, Tunísia e China. O OE de Alecrim da Córsega (Mediterrâneo) é mais suave porque tem menos cânfora e mais ésteres.

Método de Extração: Destilação a vapor.

Nota de aroma: Média.

Tradição Herbórea: O OE de Alecrim é considerado como uma planta sagrada, que foi sempre usada na magia, medicina e culinária das mais antigas civilizações. Queimado para afastar infecções, outrora, foi transportado em bolsinhas à volta do pescoço, que era cheirada pelos viajantes que transitavam por zonas suspeitas. Ele também era ingerido para problemas de fígado e digestivo e inalado para perturbações nervosas e respiratórias. Ter um arbusto de Alecrim na porta de casa significava ser uma família hospitaleira. Por causa da fama de reforçar a memória, Alecrim se tornou o emblema da fidelidade dos amantes.

Tipo de pele: Oleosa e manchada.

Combinações: OE de Olíbano, OE de Lavanda, OE de Citronela, OE de Hortelã Pimenta, OE de Cistus, OE de Petit Grain, OE de Tomilho, OE de Manjericão, OE de Elemi, OE de Cedro e OE de Canela.

Utilização Caseira: Defumação, aromatização de ambientes, inalação, escalda-pés e compressas.

Precauções: O OE de Alecrim é perfeitamente seguro para o uso caseiro, desde que diluído antes da aplicação. Caso contrário, ele pode causar alergias na pele. Ele não deve ser usado durante a gravidez, já que estimula a menstruação. Nem em casos de epilepsia ou pressão alta.


Anis
(lllicium anisatum - Família: llliciaceae)

Propriedades: Energizante, antiinflamatório, anti-séptico, estimulante dos poros, cicatrizante, diurético e tônico estomacal.

Propriedades constituintes: Anetol, felandreno, terpineol e 1,4 cineol.

Ações: Acalma palpitações, problemas respiratórios e asma. Útil contra frigidez, impotência e amenorréia. Limpa profundamente a pele, abre os poros para uma assepsia completa e elimina os microorganismos.

Extração: O óleo é extraído de frutos maduros, cultivados na Espanha, Japão e China.

Método de Extração: Destilação a vapor.

Nota de aroma: Média.

Tradição herbórea: Há muito utilizado como auxiliar digestivo e desodorante. Original de região costeira da Ásia Menor. Usado em vários tipos de produtos de higiene bucal e em perfumaria, principalmente na elaboração de colônia frescas.

Tipo de pele: Não deve ser usado para tratamentos faciais em peles sensíveis, já que pode causar alergias. É ideal para vaporização facial que visa desobstruir poros. Ele deve ser usado em pequenas doses de, no máximo, 0,5% de diluição.

Combinações: OE de Lavanda, OE de Laranja, OE de Pinho, OE de Louro e OE de Mandarina.

Utilização caseira: Compressas para cólicas menstruais, inibição do apetite e dores abdominais.

Precauções: Evite usá-lo durante a gravidez, em casos de epilepsia e hipertensão.


Cedro
(Juniperus virginiana / Junipero communis - Família: Cupressaceae)

Propriedades: Anti-séptico pulmonar e genito-urinário, anti-seborréico, regenerador, antiespasmódico, desodorante, repelente de traças, tônico renal, diurético, expectorante, adstringente, tônico capilar, fungicida e anticaspa. Excelente sedativo do Sistema Nervoso Central (S.N.C.) revitalizante, estimulante geral para falta de energia e astenia.

Principais constituintes: Alfa e beta cedremo (mais de 80%), Cedrol de 3 a 14%, atlantone, cedrenol, cariofileno e cardineno.

Ações: Combate infecções do peito, urinárias e renais, tônico geral, limpeza, reumatismo, asma, ansiedade, cistite e calmante nervoso. Combate problemas no couro cabeludo, celulite, acne, artrite e psoríase. Favorece o crescimento capilar, regenera células, estimula a circulação e o rejuvenescimento.

Extração: O óleo é extraído de lascas de madeira e de serragens da árvore de Cedro vermelho, que se tiver mais que 20 anos oferece um produto de melhor qualidade. Ele é cultivado no Marrocos, Argélia, Estados Unidos (principalmente nas regiões montanhosas de Rocky Mountains), China, Índia e Paquistão.

Método de Extração: Destilação a vapor.

Nota de aroma: Média / Baixa.

Tradição herbórea: O OE de Cedro é utilizado, desde os tempos antigos do Egito, como incenso, fragrância e em mumificações. Outras culturas também o utilizavam para fazer sarcófagos e como material de construção de palácios e templos. Os índios norte-americanos o usavam como remédio e em queimas de purificação. Ele ainda é o incenso usado em meditações tradicionais dos templos tibetanos. Usado em sinergia com OE Citronela, o OE de Cedro também é um excelente repelente contra insetos, vermes e ratos.

Tipo de pele: Oleosa, manchada, madura e com rugas.

Combinações: OE de Patchouli, OE de Sândalo, OE de Vetiver, OE de Louro, OE de Cardamono, OE de Bergamota, OE de Cipreste, OE de Eucalipto, OE de Lavanda, OE de Laranja, OE de Alecrim, OE de Palmarosa, OE de Ylang-Ylang e OE de Rosa.

Utilização caseira: Dedetizador caseiro natural (para dois litros de água, acrescente 5 gotas de OE de Cedro, 3 gotas de OE de Alecrim e 3 gotas de OE de Palmarosa) ou em spray para ambientes, que pode ser feito com OE de Cedro, OE de Patchouli e OE de Lavanda.

Precauções: Ele não deve ser usado durante a gravidez, nem em crianças com menos de 10 anos. Como ele pode irritar a pele, use sempre em baixas diluições (1%).

Cipreste
(Cupressus sempervirens - Família: Cupressaceae)

Propriedades: Anti-séptico, tônico geral para as veias, desodorante, condicionador de pele, antiespasmódico, anti-sudorífero, diurético, restaurador, cicatrizante, hepático, vasoconstritor, tônico respiratório, calmante e repelente de insetos.

Principais constituintes: Alfa pineno, delta 3 careno, mirceno, cedrol, cedrino, terpinoleno, limoneno, tujona, silvestrano, cardinemo e terpineol.

Ações: Excelente para circulação, varizes, hemorróidas, problemas de menopausa e menstruação, tosse, asma e alguns problemas respiratórios, retenção de líquidos, reumatismo, tensão, nervosismo, celulite, edema, disfunções ovarianas, veias varicosas e falta de energia.

Extração: Cultivado na França, Espanha e Marrocos, o óleo é extraído da folhagem, em forma de agulha, dos ramos dos galhos novos e das nozes.

Método de Extração: Destilação a vapor.

Nota de aroma: Média para baixa.

Tradição herbórea: Original do sudeste da Europa e da Ásia Menor, acredita-se que a árvore deu nome à ilha de Chipre, como também foi usada para fazer a cruz de Jesus. Como a madeira de Cipreste é praticamente imune à putrefação, os egípcios a associam à morte. Os médicos do antigo Egito também utilizavam o OE de Cipreste em seus preparos medicinais. Enquanto os chineses acreditam que as nozes fazem bem para o fígado, os tibetanos a usam como incenso de purificação.

Tipo de pele: Oleosa e manchada.

Combinações: OE de Sândalo, OE de Bergamota, OE de Sálvia Esclaréia, OE de Junípero, OE de Limão, OE de Lavanda, OE de Laranja, OE de Alecrim, OE de Limette, OE de Pinho, OE de Camomila Romana, OE de Tangerina, OE de Gerânio, OE de Eucalipto, OE de Cedro, OE de Olíbano e OE de Tea Tree.

Utilização caseira: Excelente para Pout Pourri, esclada-pés, compressas, spray para pés e tênis. Quem tem transpiração excessiva no couro cabeludo, quer dar brilho aos cabelos ou controlar o PH deve utilizar 10 gotas de OE ao xampu adequado ao seu tipo.

Precauções: Não use o OE de Cipreste durante a gravidez, nem em crianças de até 10 anos. Lembre-se que o óleo é inflamável e deve ser usado apenas em diluições.


Copaíba
(Copaifera officinalis - Família: Fabaceae / Leguminosae)

Propriedades: Antiinflamatório, cicatrizante, germicida, bactericida, balsâmico, desinfetante, diurético, expectorante, anti-tumoral, emoliente, adstringente e estimulante. Combate infecções intestinais, gripes, resfriados, tosses e cistites. Ativa a circulação, reduz o estresse e, também, pode ser utilizado como fixador em perfumes.

Princípios constituintes: Alfa cariofileno, alfa humulento, beta cariofileno e sesquiterpenos.

Ações: Excelente para tratamentos capilares (seborréia e queda), entorses, dores musculares, problemas reumáticos, gota, artrite, artrose, acne e celulite.

Extração: O óleo, em alto percentual - de 60 a 80% - é extraído por meio de incisões no tronco das árvores, cultivados no Brasil, Venezuela, Colômbia, Suriname e Guiana.

Método de Extração: Destilação de resina.

Nota de aroma: Baixa.

Tradição herbórea: Seu nome é de origem guarani. Os índios amazônicos utilizavam o óleo, espalhando-o sobre o corpo, após os combates, para curar as feridas. Durante muito tempo, eles também o usaram como preventivo do tétano, no umbigo de recém-nascidos e em dermatoses como a psoríase. O OE de Copaíba também é usado para pinturas em porcelana.

Tipo de pele: Acnéica.

Combinações: Todos os OE cítricos, OE de Ylang-Ylang, OE de Jasmim e outros OE florais.

Utilização caseira: Compressas para dores nas articulações, manilúvio e escalda-pés.

Precauções: Não há nenhuma, principalmente para o uso caseiro, mas desde que o óleo seja diluído.


Eucalipto Glóbulos
(Eucalyptus globulus - Família: Myrtaceae)

Propriedades: Anti-séptico, antiinflamatório, repelente, descongestionante, refrescante, euforizante, revigorante, expectorante, antivirótico, bactericida e imunoestimulante.

Principais Constituintes: Cineol (70 a 85%), pineno, limoneno, globulol, canfeno, citronelal, fencheno, felandreno.

Ações: Repele insetos, reduz o inchaço, alivia dores musculares em reumatismos e artrites. Usado contra piolhos, herpes simples, dores no ouvido, sinusites, cefaléias por congestão catarral decorrente de gripes. Combate a exaustão mental, evita sonolência, baixa febre por seu constituinte cineol (usar em compressas frias). Indicado também para casos de obesidade e celulite.

Extração: O óleo é extraído das folhas e ramos. Original da Austrália, foi introduzido na Europa no final do século XVIII.

Método de Extração: Destilação a vapor.

Nota de aroma: Alta.

Tradição herbórea: Os aborígenes australianos cobriam feridas com folhas de Eucalipto para apressar a cura devido as suas propriedades antiinflamatórias e analgésicas.

Tipo de pele: Manchada.

Combinações: OE de Manjerona, OE de Lavanda, OE de Junípero, OE de Limão, OE de Lemongrass e OE de Tomilho.

Utilização Caseira: Higienização para piso, colocar em 2 litros de água 20 gotas do óleo essencial. Para halitose, colocar 1 gota em 1 copo com água e fazer gargarejo. Usar 20 gotas no xampu para combater piolhos. Pode ser usado para inalação. Contra herpes labial, utilizar 5 gotas em 10 ml de OV de Germe de Trigo.

Precauções: Não usar à noite, pois pode perturbar o sono. Não utilizar com medicamentos homeopáticos. Perfeitamente seguro para o uso caseiro, se bem diluído.


Hortelã Pimenta
(Mentha piperita - Família: Lamiaceae/Labiatae)

Propriedades: O OE é constituído por cerca de um terço de mentol. Ele é tonificante, estimulante, calmante, refrescante e suavizante, além de anti-séptico, antibiótico, antiinfeccioso, estomacal, cefálico, digestivo, antiespamódico, estimulante, tônico, antiparasítico, febrifugo, vermífugo, expectorante, analgésico, descongestionante, vasoconstritor e carminativo. O OE de Hortelã Pimenta restaura e revigora o corpo e a alma.

Princípios Constituintes: Mentol, mentona, cineol, pineno, timol e carvone.

Ações: Combate dor de cabeça, náusea, cansaço, apatia, asma, tosse, fadiga mental, problemas digestivos e instestinais, flatulências, dor muscular, congestão nasal, choque, fraqueza, enjôo durante viagens, infecções na boca e nas gengivas, cansaço mental e circulação deficiente.

Extração: O óleo é extraído das folhas frescas e semi-secas, da erva cultivada na Bretanha, Europa, Índia e China.

Método de Extração: Destilação a vapor.

Nota de aroma: Alta.

Tradição herbórea: Há séculos, a menta já era apreciada no Japão e na China. Também foi encontrada em túmulos egípcios datados de 1000 a.C. Tradicionalmente, as pessoas a bebiam em forma de chá ou mascavam suas folhas para curar problemas do estômago e dos nervos. Na enciclopédia British Herbal Pharmacopeia, a menta é citada para combater cólicas, flatulência e vômitos causados por gravidez.

Tipo de pele: Manchada e acnéica.

Combinações: OE de Eucalipto, OE de Lavanda, OE de Alecrim, OE de Manjerona, OE de Bergamota, OE de Gerânio e OE de Sândalo.

Utilização Caseira: Spray para ambientes, higienizador para pisos, escalda-pés e compressas.

Precauções: O OE de Hortelã Pimenta não deve ser aplicado na pele, sem ser diluído, ou antes de ir dormir. Ele pode causar irritações na pele, perturbar ou prejudicar o sono. Por isso, use-o com moderação. Evite-o durante a gravidez e não o use em períodos de tratamento homeopático.


Laranja
(Citrus aurantium - Família: Rutaceae)

Propriedades: Calmante, anticoagulante, sedativo, estomacal, diurético, tônico, antiespamódico, anti-séptico, antibiótico e depurativo.

Principais constituintes: D-limoneno, n-decílio, aldeído, linalol, terpinol, b-carotino, citral, limoneno, perminol e geraniol.

Ações: Indicado para prisão de ventre, diarréia, constipação, eliminação de toxinas, dores musculares, excessos cometidos com comida, tratamento de pele, ansiedade nervosa e corpo. Abaixa o colesterol e é encorajador de apetite.

Extração: O óleo é extraído da casca de Laranja, que é cultivada na China, Israel, Marrocos, Tunísia, Argélia, Itália, França e Estados Unidos.

Método de Extração: Prensagem a frio.

Nota de aroma: Alta.

Tradição herbórea: Nativa da Ásia, se acreditava que a árvore da Laranja azeda foi introduzida na Europa por volta do ano de 1200. A árvore ganhou popularidade na Espanha, sob o domínio mouro. Mas, como elas eram raras e caras, até o final do século XVII não foram muito usadas na medicina fitoterapêutica européia. Somente no século XVIII, passaram a serem recomendadas para uma grande quantidade de queixas, que iam da melancolia aos problemas cardíacos.

Tipo de pele: Seca, madura e envelhecida.

Combinações: OE de Manjericão, OE de Bergamota, OE de Pimenta Negra, OE de Canela, OE de Cravo, OE de Gerânio, OE de Olíbano, OE de Limão, OE de Sândalo, OE de Ylang-Ylang, OE de Néroli e OE cítricos.

Utilização caseira: O OE dá uma aroma todo especial se colocado em água quente e utilizado para tirar o cheiro de gordura na cozinha.

Precauções: Como acontece com os demais óleos cítricos, ele também não deve ser aplicado na pele antes de exposição ao sol.

Lavanda
(Lavendula augustifolia/Lavendula Officinatis/Lavendula vera - Família: Lamiacene/Labiateae)

Propriedades: Anti-séptico, analgésico, citofilático, antiespasmódico, tônico, cicatrizante, antiinflamatório emenagogo, antiparasítico, relaxante muscular, adstringente, condicionador cutâneo, antidepressivo, desodorante, sudorífero, hipotensor e sedativo.

Princípios Constituintes: Linalol, acetato de linalil, lavandulol, acetato lavandulil, terpinol, limoneno, cariofileno e terpinol. A Lavanda produzida em altitudes elevadas tem mais ésteres.

Extração: O óleo é extraído das extremidades que contenham flores. A Lavanda é cultivada no sul da Europa e em locais afastados da Austrália e Bretanha.

Método de Extração: Destilação a vapor para se obter o óleo essencial e extração por solvente para obter o absoluto.

Nota de aroma: Média para alta.

Tradição herbórea: Entre os antigos romanos, o purificador para banhos favorito era o OE de Lavanda. Além de acelerar curas, desde o século XVII ele também vem sendo utilizado para fabricar de sabonetes, perfumes e talcos.

Tipo de pele: Todos.

Combinações: OE de Bergamota, OE de Cravo, OE de Alecrim, OE de Eucalipto, OE de Patchouli, OE de Sálvia, OE de Rosa, OE de Jasmim, OE de Camomila, OE de Citronela, OE de Limão e OE de Pinho.

Utilização caseira: Para clarear cicatrizes, ele deve ser usado todos os dias. Como loção bucal anti-séptica (acrescente 3 gotas de OE de Lavanda e 2 gotas de OE de Bergamota em um copo de água, misture muito bem e enxágüe a boca), utilize-o diversas vezes.

Precauções: O OE de Lavanda é perfeitamente seguro para o uso caseiro e pode até ser aplicado puro sobre a pele.


Palmarosa
(Cymbopogon martini - Família: Graminaceae)

Propriedades: Antibiótico, antifúngico, antivirótico, bactericida, tônico, antiinfeccioso, anti-séptico, vermífugo, digestivo, emoliente, cicatrizante e estimulante do sistema digestivo e circulatório.

Princípios constituintes: Geraniol, geranil acetato, linalol, alfa humulento, beta cariofileno, citronelol e citral.

Ações: Combate cansaço físico, problemas associados ao estresse, convalescença, anorexia, acne, escaras, infecções intestinais e vaginais. É um excelente citofilático (regenerador de tecidos) e hidratante para tratamento de pele, mãos, pés, rosto e lábios. Atua em eczema, infecções de garganta e de pulmões e sobre a TPM. Regula a produção de sebo. Ideal como tônico uterino e para tratamentos de tiróide (hipotiroidismo).

Extração: O óleo é extraído da grama fresca ou seca, que é colhida antes da produção de flores. A Palmarosa é cultivada no Nepal, Brasil, Índia e países da América Central.

Método de Extração: Destilação a vapor.

Nota de aroma: Média.

Tradição herbórea: Seu uso data de muitos anos, da época quando ele era embarcado de Bombaim para Constantinopla e Bulgária. O óleo de OE de Palmarosa costumava ser chamado de "OE de Gerânio turco", devido ao aroma de rosa resultante da grande quantidade de geraniol. Ele é usado frequentemente para adulterar o OE de rosa.

Tipo de pele: Seca e madura.

Combinações: OE de Gerânio, OE de Grapefruit, OE de Sálvia Esclaréia, OE de Gengibre, OE de Ylang-Ylang, OE de Sândalo, OE de Tangerina, OE de Alecrim, OE de Lavanda, OE de Louro, OE de Laranja e OE de Petit Grain.

Utilização caseira: Banhos para o período de TPM, spray para ambientes e compressas abdominais.

Precauções: Não tem nenhuma contra-indicação, desde que diluído.


Tangerina
(Citrus reticulata - Família: Rutaceae)

Propriedades: Calmante, antidepressivo, relaxante, anti-séptico, antiespamódico, tônico, adstringente, laxativo, relaxante muscular, estimulante digestivo e linfático.

Principais constituintes: Citronelol, linalol, citral, cadineno e limoneno.

Ações: Possui efeito quase hipnótico sobre a mente. É indicado em casos de estresse, tensões, gastrite, flatulência, diarréia e constipação. Estimula o fluxo da bílis. Atua como tônico do sistema vascular, nutrindo as veias e as artérias. Também pode suavizar cicatrizes quando misturado com os OE de Lavanda e OE de Néroli.

Extração: O óleo é extraído das cascas dos frutos, cultivados no Brasil e América do Norte.

Método de Extração: Prensagem a frio.

Nota de aroma: Alta para média.

Tradição herbórea: Original da China, depois de anos de cultivo na Europa, a Tangerina foi levada pelo Coronel G. L. Dancy - seu grande apreciador - para o sudoeste dos Estados Unidos, por volta de 1971. Por isso, também é conhecida como Tangerina Dancy. Ela difere-se da mandarina por não apresentar sementes.

Tipo de pele: Oleosa e manchada.

Combinações: OE de Bergamota, OE de Sálvia, OE de Gerânio, OE de Grapefruit, OE de Lavanda, OE de Limão, OE de Lima, OE de Néroli, OE de Laranja, OE de Baunilha, OE de Verbena, OE de Camomila, OE de Olíbano e OE de Rosa.

Utilização caseira: Aromatizador de ambientes (ideal para retirar odor de gordura da cozinha).

Precauções: Evite utilizá-lo ao sol.


Tea Tree
(Melaleuca alternifólia/Melaleuca linariifolia/Melaleuca unciata - Família: Myrtaceae)

Propriedades: Bactericida, cicatrizante, expectorante, fungicida, antiinfeccioso, balsâmico, antiinflamatório, anti-séptico, antiviral, febrifugo, inseticida, imuno-estimulante, diaforético, parasiticida e vulnerario.

Principais constituintes: Terpineol, cineol, pineno, terpeno e cimeno.

Ações: Atua sobre brotoejas, picadas de insetos, micoses, dermatites, aftas, "sapinhos", piolhos, furúnculos, sarna, dores de garganta, abcessos, acne, pé-de-atleta, bronquite, verrugas, cândida, catarro, resfriados, cortes, herpes, influenza, pneumonia, sinusite, queimaduras de sol, dores de dente, infecções vaginais e em todas as outras. Ela também elimina toxinas do corpo e protege contra raios X.

Extração: O óleo é extraído das folhas e ramos da árvore, originária da Austrália.

Método de Extração: Destilação a vapor.

Nota de aroma: Alta.

Tradição herbórea: A melaleuca australiana sempre foi aproveitada pelos aborígenes, que a chamavam de "primeiros socorros em garrafa" devido às suas espantosas propriedades curativas. Seguindo esse exemplo, os colonizadores ingleses também começaram a utilizar as folhas da árvore na impossibilidade de obter suprimentos médicos. Em 1927, a melaleuca foi batizada como "árvore do chá", pela tripulação do capitão Cook, que em substituição ao chá tradicional, passou a utilizar suas folhas escuras.

Tipo de pele: Oleosa e manchada.

Combinações: OE de Canela, OE de Cravo, OE de Cipreste, OE de Eucalipto, OE de gengibre, OE de Lavanda, OE de Lavandim, OE de Sálvia, OE de Alecrim, OE de Gerânio, OE de Manjerona, OE de Noz-moscada, OE de Pinho e OE de Ylang-Ylang.

Utilização caseira: como desinfetante de pisos, ele é ideal para combater insetos. O OE de Tea Tree cicatriza feridas e escaras, e pode ser acrescentado ao xampu, tanto para o ser humano quanto para os animais.

Precauções: O OE de Tea Tree é perfeitamente seguro para o uso caseiro, não necessita de diluição e é um dos poucos que pode ser aplicado puro. No entanto, ele requer cuidado, porque pode causar irritações em alguns tipos de pele.


Ylang-Ylang
(Cananga odorata - Família: Annonaceae)

Propriedades: O OE tem um potente e doce odor floral. É aromático, hipnótico, relaxante, afeta o espírito e as emoções, mais do que o próprio corpo. Rejuvenesce a pele e favorece o crescimento do cabelo. Ele também é sedativo, afrodisíaco, antidepressivo, calmante, anti-séptico, balanceador e desinfetante.

Principais constituintes: Cadineno, cariofileno, eugenol, cresol, geraniol, linalol, acetato de linalil, metil benzoato e pineno.

Ações: Útil para acalmar tensões, baixar a pressão, animar humores negativos e aumentar a sensualidade. Ele também é indicado em casos de disfunções sexuais, cansaço físico, nervosismo, taquicardia, depressão, estresse, irritabilidade, ansiedade, resfriado e euforia. Seu aroma suaviza a raiva decorrente das frustrações.

Extração: O óleo é extraído de flores frescas e totalmente desenvolvidas, que são colhidas, de preferência, ao romper do dia. Comercialmente, ela é cultivada em Madagascar, Indonésia, Filipinas e Ilha reunião.

Método de Extração: Destilação a vapor ou extração por solvente.

Nota de aroma: Média para alta.

Tradição herbórea: Ylang-ylang significa "flor das flores" e deriva da palavra "ilang ilang", original do idioma malaio. Conhecida como árvore do perfume, ela era utilizada pelas mulheres nativas dos "Mares do Sul", que faziam uma mistura com óleo de coco. Essa mistura, que ficou conhecida como óleo de Macassar, era um excelente condicionador e estimulador do crescimento capilar. Na época vitoriana, o Ylang-ylang foi introduzido comercialmente na Europa devido a esse óleo, que passou a ser utilizado pelos homens para alisar os cabelos. Nas ilhas da Ásia Tropical, ele também era usado para tratar picadas de insetos, pele inflamada, proteger os cabelos, combater febres e infecções. Como a flor tem uma fragrância muito sensual, ela também é utilizada para simbolizar o amor.

Tipo de pele: Pele oleosa.

Combinações: OE de Bergamota, OE de Cardamomo, OE de Cedro, OE de Cravo, OE de Camomila, OE de Cistus, OE de Limette, OE de Manjerona, OE de Mandarina, OE de Limão Tahiti, OE de Patchouli, OE de Pau Rosa, OE de Néroli, OE de Rosa, OE de Tea Tree, OE de Vetiver, OE de Sândalo, OE de Verbena e OE de Jasmim.

Utilização caseira: Pout pourri, saches de gavetas, aromatizador de ambientes e para pessoas com hipertensão (pressão alta).

Precauções: O OE de Ylang-Ylang é perfeitamente seguro para o uso caseiro, desde que diluído antes de qualquer aplicação. Seu uso deve ser evitado em caso de baixa pressão arterial ou histórico de apnéia.


GLOSSÁRIO DOS TERMOS TERAPÊUTICOS:

Adstringente: (contrai os tecidos)
OE de Cipreste, OE de Gerânio, OE de Junípero, OE de Limão, OE de Hortelã Pimenta, OE de Alecrim e OE de Sândalo.

Afrodisíaco: (estimula o desejo sexual)
OE de Canela, OE de Ylang-Ylang, OE de Rosa, OE de Pau-Rosa e Sândalo.

Anafrodisíaco: (diminui o desejo sexual)
OE de Manjerona.

Analgésico: (aliviador da dor, em geral no uso tópico)
OE de Lavanda, OE de Bétula, OE de Camomila Romana, OE de Alecrim, OE de Eucalipto, OE de Manjerona, OE de Hortelã-Pimenta.

Antidepressivo: (ajuda a elevar o estado de ânimo)
OE de Bergamota, OE de Camomila, OE de Gerânio, OE de Ylang-Ylang, OE de Laranja, OE de Lavanda, OE de Manjericão, OE de Petitgrain, OE de Rosa e OE de Sândalo.

Antifúngico: (estaciona o crescimento de fungos)
OE de Tea Tree, OE de Lavanda, OE de Limão, OE de Gerânio, OE de Cravo e OE de Canela.

Antiespamódico: (que evita ou alivia as cólicas e os espamos: contrações musculares dolorosas)
OE de Cipreste, OE de Tangerina, OE de Menta, OE de Camomila Romana, OE de Alecrim, OE de Rosa e OE de Manjerona.

Antiinflamatório: (reduz inflamações)
OE de Eucalipto, OE de Lavanda, OE de Menta, OE de Petitgrain, OE de Camomila romana e OE de Rosa.

Anti-séptico: (inibe o crescimento de micro-organismos)
Todos os óleos essenciais são anti-sépticos em maior ou menor escala. OE de Alecrim, OE de Bergamota, OE de Eucalipto, OE de Lavanda, OE de Sândalo e OE de Tea Tree.

Anti-sudirífero: (reduz a transpiração)
OE de Cipreste e OE de Menta.

Antivirótico: (destrói a atividade de vírus)
OE de Limão e OE de Tea Tree.

Bactericida: (destrói as bactérias)
OE de Alecrim, OE de Bergamota, OE de Eucalipto, OE de Lavanda, OE de Tea Tree.

Bacteriostático: (inibe a proliferação de bactérias)
Todos os óleos essenciais, em especial os relacionados com anti-sépticos e bactericidas.

Carminativo: (expele gases do estômago)
OE de Junípero, OE de Tangerina, OE de Menta e OE de Alecrim.

Cefálico: (estimulante mental)
OE de Alecrim, OE de Lavanda, OE de Limão, OE de Menta, OE de Cravo, OE de Junípero, OE de Canela, OE de Camomila Romana e OE de Ylang-Ylang.

Citofilático: (estimula o crescimento saudável e renOVador das células)
OE de Lavanda, OE de Gerânio, OE de Palmarosa e OE de Olíbano.


Colagogo: (aumenta a produção de bile)
OE de Alecrim, OE de Camomila Romana, OE de Grapefruit e OE de Menta.

Descongestionante: (reduz a congestão)
OE de Cedro, OE de Eucalipto, OE de Lavanda, OE de Menta, OE de Pinho e OE de Alecrim.

Desintoxicante: (ajuda a limpas o corpo de impurezas)
OE de Alecrim, OE de Erva-doce, OE de Limão.

Desodorante: (reduz o odor)
OE de Bergamota, OE de Cipreste, OE de Eucalipto, OE de Lavanda, OE de Rosa e OE de Petitgrain.

Digestivo: (estimula o processo digestivo)
OE de Laranja, OE de Junípero, OE de Lavanda, OE de Limão, OE de Tangerina, OE de Manjerona, OE de Menta, OE de Camomila Romana e OE de Alecrim.

Diurético: (aumenta o fluxo urinário)
OE de Junípero, OE de Bétula, OE de Lavanda e OE de Alecrim.

Emenagogo: (estimula a menstruação, mas não é o mesmo que abortivo)
OE de Alecrim, OE de Camomila, OE de Sálvia Esclaréia, OE de Lavanda, OE de Manjericão, OE de Manjerona e OE de Rosa.

Estimulante: (aumenta a atividade no organismo em geral ou de um órgão específico)
OE de Alecrim, OE de Eucalipto, OE de Gerânio, OE de Hortelã-Pimenta.

Expectorante: (facilita a remoção de secreções broncopulmonares, em especial o catarro)
OE de Bergamota, OE de Cedro, OE de Eucalipto, OE de Hortelã-Pimenta, OE de Manjerona e OE de Sândalo.

Hipertensor: (abaixa a pressão arterial)
OE de Alecrim, OE de Sálvia Esclaréia.

Hipotensor: (abaixa a pressão arterial)
OE de Ylang-Ylang, OE de Lavanda e OE de Manjerona.

Imunoestimulante: (fortalece as reações defensivas do organismo ás infecções)
OE de Lavanda e OE de Tea Tree.

Nervino: (fortalece o sistema nervoso, usado para distúrbios nervosos em geral)
OE de Alecrim, OE de Camomila, OE de Hortelã-Pimenta, OE de Lavanda e OE de Manjerona.

Rubefaciente: (produz calor e vermelhidão quando aplicados á pele)
OE de Alecrim, OE de Eucalipto, OE de Pinho, OE de Pimenta-Negra, OE de Junípero.

Sudorífero: (promove a transpiração)
OE de Alecrim, OE de Camomila, OE de Hortelã-Pimenta, OE de Manjericão, OE de Tea Tree.

Tônico: (fortalece o organismo em geral de um órgão específico)
OE de Camomila, OE de Gerânio, OE de Lavanda, OE de Manjericão, OE de Manjerona, OE de Olíbano, OE de Rosa e OE de Tea Tree.

Vasoconstritor: (produz uma contração nos pequenos vasos sanguíneos)
OE de Camomila, OE de Cipreste, OE de Hortelã-Pimenta, OE de Rosa.

Vasodilatador: (produz uma dilatação nos pequenos vasos sanguíneos)
OE de Manjerona

Glossário geral:

Antioxidante: Previne ou diminui a oxidação ou deterioração, especialmente em contato com o ar. Dentre os antioxidantes encontra-se a vitamina E.

Emoliente: Que suaviza ou amolece uma região.

Fototóxico: Toxicidade desencadeada pela exposição à luz solar. Os óleos que produzem este efeito são os óleos essenciais de Bergamota, Limão, Lima, Laranja, Tangerina, Mandarina e Grapefruit.

Hemostático: que estanca hemorragias.

Veículo: é geralmente a maior parte da formulação. Em aromaterapia é o mesmo que carreador.

A relação acima representada não é completa. Apenas visa fornecer uma visão básica dos óleos essenciais para cada um de seus efeitos relacionados.


Observação: As siglas OE e OV designam Óleo Essencial e Óleo Vegetal, respectivamente.
Posted segunda-feira, 30 de novembro de 2009 by ercy
Olá...Tudo bem com vcs??

Pois é esta é a primeira vez qeu efetivamente eu escrevo neste blog...e quero me justificar por isto.Na verdade quero no blog, postar sempre coisas interessantes pra vcs poderem estando aq...viajarem em assuntos interessantes..que fazem parte de meu mundo...como pesquiza...daquilo que eu mesmo seleciono como interessantes e curiosas....mas quero aproveitar esta oportunidade pra agradecer a todos qeu estão aqui como seguidores..parceiros....os que visitam...procuram..e que gostam ou até não!! Alguns amigos legais....com blogs interessantes qeu eu sigo....pois assim os considero..cada um dentro do seu quadrado..kkkk

Tem tanta coisa qeu gostaria de colcoar aqui pra vcs...tanta coisa...mas o tempo é pouco vcs sabem...De qualquer maneira adoraria se vcs postassem comentarios...pra eu eu tenha este termometro aq ..pra ver se ...e no que preciso melhorar...o que interessa...sabe....e ai sim....ter um blog do jeitinho qeu eu quero....COMPLETAMENTE PRA VCS!!

Meu site ta no ar....mas tbem estara sendo remodelado..e aguardem....vai ficar um portal lindo....cheio de novidades...movimentos...colorido...tudo pra vcs...pro meu trabalho e pra gente juntos...podermos estar na net....se nos sentirmos cansados...

Uma beijoca...valeu a atenção....obrigada amigos seguidores....visitantes....e até a proxima...

Os Odus (Jogo De Búzios)

Posted terça-feira, 24 de novembro de 2009 by ercy
Este método é mais abrangente e leva no jogo os dezesseis (16) búzios.


RESULTADOS:
ODU: OKARAN
Caída de um búzio aberto e 15 fechados
Responde: EXU
Responde: “NÃO e SIM!”
Aqui, EXU está dificultando a realização dos negócios, propiciando discussões, inimizades, provocando inveja e perturbações pessoais e emocionais de toda ordem, que, no momento, confundem o consulente, fazendo – o abalar o meio em que vive. Problemas espirituais acentuados, sustos, perdas, trabalhos feitos contra o consulente, aprisionamento, perigos. Porém, EXU pode responder positivamente em questões com perguntas mais precisas, pois simboliza que o orixá está presente e “de pé” (OTUBI).


ODU: EGI OKÔ
Caídas de dois búzios abertos e 14 fechados.
Responde: OGUM
Responde: “SIM!”
OGUM sempre favorece as situações do cotidiano, contudo, com problemas iniciais.
OGUM estabelece demandas, guerras, triunfos, porém, com inimigos ocultos.
Este resultado indica também a necessidade de perseverança, para que o consulente sobreponha – se às provas, aos empecilhos iminentes para só depois obter os resultados concretos e esperados.
Odu da cautela.


ODU: ETA OGUNDÁ
Caída de três búzios abertos 13 fechados.
Responde: OBALUAIÊ.
Responde: “NÃO!”
OBALUAIÊ é forte e sempre responde com força e decisão para suplantar os empecilhos do dia – a – dia. Está caída denota doenças, golpes, paixões impossíveis, dinheiro ganho através de herança, possibilidades de suicídio de alguém próximo ao consulente, tendências para obstáculos e inimigos contínuos, sugerindo, então, mais cautela neste momento e uma atenção rigorosa à saúde.
Odu da saúde.


ODU: YOROSUN
Caída de quatro búzios abertos e 14 fechados.
Responde: YEMANJÁ.
Responde: “TALVEZ!”
YEMANJÁ, aqui, denota calúnia, falsidade e indecisão. Um indivíduo desconfiado e falso próximo ao consulente, provoca surpresas desfavoráveis.
Indecisão e intrigas estão rodando – o, fazendo com perca oportunidades pessoais quase concretizadas. Contudo, a força positiva de YEMANJÁ equilibra o lado profissional.
Odu da indecisão, da família.


ODU: OXÉ
Caída de cinco búzios abertos e 11 fechados.
Responde: OXUM.
Responde: “SIM!”
OXUM sempre favorece as relações, mas somente depois de algum sofrimento, lágrimas e angústia. A abundância estará em tudo o que o consulente procurar realizar, propiciando momentos bons para novos negócios, desde que corretos e justos. As ilusões podem ser constantes. Saúde instável e notícias inesperadas.
Odu da felicidade, da bênção e da fama.


ODU: OBARÁ

Caída de seis búzios abertos e 10 fechados.
Respondem: OXOSSI e LOGUM – NEDÉ
Responde: “SIM!”
OXOSSI e LOGUM – NEDÉ unidos, sempre indicam o caminho mais exato, o mais direto, sem indecisões, indo à busca daquilo que deseja. Expressa o apoio de sua força, colocando ao lado do consulente, amigos ou parentes que possam auxiliá-lo neste momento.
Odu da sorte e da riqueza.


ODU: ODI
Caída de sete búzios abertos e nove fechados.
Responde: OMULU ou OXALÁ.
Responde: “NÃO!”
Representa os prazeres, as possibilidades de viagens, a ambição que desenvolve a vida profissional, levando – a desfechos que elevarão a situação atual do consulente. Deve controlar a ansiedade e ater – se a problemas de saúde que, aparentemente, pareçam banais.
Odu de maior força negativa acarreta misérias e infortúnios graves.


ODU: EGI ONILÉ
Caída de oito búzios abertos e oito fechados.
Responde: OXAGUIÃ.
Responde: “NÃO e SIM!”
Proteção espiritual, força e honestidade são aspectos positivos desta caída, que promove a construção e a elevação pessoal e profissional, harmonizando e tranqüilizando. No sentido negativo, sugere ao consulente que refreie as suas paixões, a voluptuosidade, os ciúmes e o desejo de vingança.
Odu do engano, da traição e da mentira.


ODU; OSSÁ
Caída de nove búzios abertos e sete fechados.
Responde: YEMANJÁ.
Responde: “TALVEZ!”
Está caída denota força de vontade para o consulente conseguir o que procura, pois, tem poder de ação pouco desenvolvido para continuar na estrada. É preciso controlar o autoritarismo para não sofrer privações e desgostos por conseqüências de seus atos. Relacionamentos frágeis, baseados na profissão em breve.
Odu do início e das viagens que propiciam as mudanças.


ODU: OFUN
Caída de 10 búzios abertos e seis fechados.
Responde: OXALUFÃ.
Responde: “SIM!”
OXALUFÃ sempre permite a entrada da luz, da resolução dos problemas, da bondade e de toda a realização que esteja em comum acordo com estes propósitos. Não adianta querer enganar ou “montar” um outro caminho. Sugere ao consulente permanecer onde está. Sensibilidade na região do rosto, garganta, nariz e olhos. Relacionamentos pessoais e profissionais tranqüilos e sem interferências.
Odu da teimosia, porém, munida de sorte.


ODU: OWARIN
Caída de 11 búzios abertos e cinco fechados.
Responde: IANSÃ.
Responde: “TALVEZ!”
YANSÃ sempre responde positivamente, dando, neste caso, dubiedade às questões. Para confundir o consulente, insinua desuniões, conflitos e inimigos gerados, muitas vezes, por forças ocultas. Sensibilidade na saúde. A força de YANSÃ interfere espiritualmente, protegendo o dia – a – dia do consulente e sugerindo perspectivas de resultados favoráveis.
Odu do progresso, porém, com grandes problemas iniciais.


ODU: EGI LAXEBORÁ
Caída de 12 búzios abertos e quatro fechados.
Responde: XANGÔ.
Responde: “SIM!”
A força da justiça de XANGÔ favorece o consulente dando – lhe esclarecimentos sobre negócios pendentes, facilitando os negócios ou as transações, desde que estejam de acordo com a verdade e todos tirem proveito dos resultados. Emocionalmente, não admite e nem favorece nenhum tipo de traição.
Odu dos problemas e discórdias que geram os atrasos pessoais e profissionais.


ODU: EGI OLOGBON
Caída de 13 búzios abertos e três fechados.
Responde: NANÃ e OBALUAIÊ.
Responde: “SIM e NÃO!”
Superação de todas as dificuldades apresentadas. Sorte nas relações emocionais e profissionais. Porém, está caída significa transformação com o poder de renovação, com mudanças radicais na vida do consulente. A saúde precisa ser melhor administrada , principalmente os cuidados diários que parecem insignificantes , dando atenção especial ao desgaste desnecessário de energias vitais
Odu das dificuldades,da presença da morte e das paixões obsessivas .


ODU: IKÁ ORI
Caída de 14 búzios abertos e dois fechados.
Responde: OXUMARÊ e OSSAIM.
Responde: “TALVEZ!”
OXUMARÊ sempre responde com fertilidade e dubiamente: em negócios estará favorecendo o consulente com a riqueza e a sorte;
emocionalmente, representa uma forte instabilidade nas relações, não conseguindo unificar a sua predisposição para dois amores e duas situações simultâneas. Indica também traição emocional, devendo evitar, neste momento, qualquer tipo de união ou sociedade.
Odu das vitórias sobre as demandas alheias.


ODU: OBE OGUNDÁ.
Caída de15 búzios abertos e um fechado.
Responde: OBÁ e EWÁ.
Responde: “TALVEZ!”
Existe uma grande probabilidade de conseguir o empreendido, pois EWÁ representa a força, a determinação, a iniciativa e a coragem real, que detém todo o poder para alcançar os objetivos. Tudo o que estiver no início terá perspectivas grandes sucesso.
Contudo, a presença de OBÁ pode propiciar disputas e imprevistos com poucas chances de êxito, caso o negócio em questão já esteja em andamento.
Aqui, simbolicamente, o orixá EXU aparece solicitando oferendas (OBUKÓ).
Odu dos empecilhos confusos e das dificuldades de conclusão.


ODU: ALAFIA
Caídas de 16 búzios abertos
Responde: ORUNMILÁ.
Responde: “SIM, COM CERTEZA!”
Significa a luz, a força e a verdade ao lado do consulente para todo e qualquer tipo de resolução e decisão que precisa tomar. O cuidado, aqui, está apenas na orientação e apoio daqueles que estão ao seu redor saiba avaliar bem as intenções.
Odu da felicidade e da sorte pura, que gera somente triunfos.


CAÍDA DE 16 BÚZIOS FECHADOS.
Solicita-se a Ifá uma nova jogada a fim de que se comprove o intento. Sem respostas.

Os Odus (Jogo De Búzios)

Posted by ercy
Este método é mais abrangente e leva no jogo os dezesseis (16) búzios.


RESULTADOS:
ODU: OKARAN
Caída de um búzio aberto e 15 fechados
Responde: EXU
Responde: “NÃO e SIM!”
Aqui, EXU está dificultando a realização dos negócios, propiciando discussões, inimizades, provocando inveja e perturbações pessoais e emocionais de toda ordem, que, no momento, confundem o consulente, fazendo – o abalar o meio em que vive. Problemas espirituais acentuados, sustos, perdas, trabalhos feitos contra o consulente, aprisionamento, perigos. Porém, EXU pode responder positivamente em questões com perguntas mais precisas, pois simboliza que o orixá está presente e “de pé” (OTUBI).


ODU: EGI OKÔ
Caídas de dois búzios abertos e 14 fechados.
Responde: OGUM
Responde: “SIM!”
OGUM sempre favorece as situações do cotidiano, contudo, com problemas iniciais.
OGUM estabelece demandas, guerras, triunfos, porém, com inimigos ocultos.
Este resultado indica também a necessidade de perseverança, para que o consulente sobreponha – se às provas, aos empecilhos iminentes para só depois obter os resultados concretos e esperados.
Odu da cautela.


ODU: ETA OGUNDÁ
Caída de três búzios abertos 13 fechados.
Responde: OBALUAIÊ.
Responde: “NÃO!”
OBALUAIÊ é forte e sempre responde com força e decisão para suplantar os empecilhos do dia – a – dia. Está caída denota doenças, golpes, paixões impossíveis, dinheiro ganho através de herança, possibilidades de suicídio de alguém próximo ao consulente, tendências para obstáculos e inimigos contínuos, sugerindo, então, mais cautela neste momento e uma atenção rigorosa à saúde.
Odu da saúde.


ODU: YOROSUN
Caída de quatro búzios abertos e 14 fechados.
Responde: YEMANJÁ.
Responde: “TALVEZ!”
YEMANJÁ, aqui, denota calúnia, falsidade e indecisão. Um indivíduo desconfiado e falso próximo ao consulente, provoca surpresas desfavoráveis.
Indecisão e intrigas estão rodando – o, fazendo com perca oportunidades pessoais quase concretizadas. Contudo, a força positiva de YEMANJÁ equilibra o lado profissional.
Odu da indecisão, da família.


ODU: OXÉ
Caída de cinco búzios abertos e 11 fechados.
Responde: OXUM.
Responde: “SIM!”
OXUM sempre favorece as relações, mas somente depois de algum sofrimento, lágrimas e angústia. A abundância estará em tudo o que o consulente procurar realizar, propiciando momentos bons para novos negócios, desde que corretos e justos. As ilusões podem ser constantes. Saúde instável e notícias inesperadas.
Odu da felicidade, da bênção e da fama.


ODU: OBARÁ

Caída de seis búzios abertos e 10 fechados.
Respondem: OXOSSI e LOGUM – NEDÉ
Responde: “SIM!”
OXOSSI e LOGUM – NEDÉ unidos, sempre indicam o caminho mais exato, o mais direto, sem indecisões, indo à busca daquilo que deseja. Expressa o apoio de sua força, colocando ao lado do consulente, amigos ou parentes que possam auxiliá-lo neste momento.
Odu da sorte e da riqueza.


ODU: ODI
Caída de sete búzios abertos e nove fechados.
Responde: OMULU ou OXALÁ.
Responde: “NÃO!”
Representa os prazeres, as possibilidades de viagens, a ambição que desenvolve a vida profissional, levando – a desfechos que elevarão a situação atual do consulente. Deve controlar a ansiedade e ater – se a problemas de saúde que, aparentemente, pareçam banais.
Odu de maior força negativa acarreta misérias e infortúnios graves.


ODU: EGI ONILÉ
Caída de oito búzios abertos e oito fechados.
Responde: OXAGUIÃ.
Responde: “NÃO e SIM!”
Proteção espiritual, força e honestidade são aspectos positivos desta caída, que promove a construção e a elevação pessoal e profissional, harmonizando e tranqüilizando. No sentido negativo, sugere ao consulente que refreie as suas paixões, a voluptuosidade, os ciúmes e o desejo de vingança.
Odu do engano, da traição e da mentira.


ODU; OSSÁ
Caída de nove búzios abertos e sete fechados.
Responde: YEMANJÁ.
Responde: “TALVEZ!”
Está caída denota força de vontade para o consulente conseguir o que procura, pois, tem poder de ação pouco desenvolvido para continuar na estrada. É preciso controlar o autoritarismo para não sofrer privações e desgostos por conseqüências de seus atos. Relacionamentos frágeis, baseados na profissão em breve.
Odu do início e das viagens que propiciam as mudanças.


ODU: OFUN
Caída de 10 búzios abertos e seis fechados.
Responde: OXALUFÃ.
Responde: “SIM!”
OXALUFÃ sempre permite a entrada da luz, da resolução dos problemas, da bondade e de toda a realização que esteja em comum acordo com estes propósitos. Não adianta querer enganar ou “montar” um outro caminho. Sugere ao consulente permanecer onde está. Sensibilidade na região do rosto, garganta, nariz e olhos. Relacionamentos pessoais e profissionais tranqüilos e sem interferências.
Odu da teimosia, porém, munida de sorte.


ODU: OWARIN
Caída de 11 búzios abertos e cinco fechados.
Responde: IANSÃ.
Responde: “TALVEZ!”
YANSÃ sempre responde positivamente, dando, neste caso, dubiedade às questões. Para confundir o consulente, insinua desuniões, conflitos e inimigos gerados, muitas vezes, por forças ocultas. Sensibilidade na saúde. A força de YANSÃ interfere espiritualmente, protegendo o dia – a – dia do consulente e sugerindo perspectivas de resultados favoráveis.
Odu do progresso, porém, com grandes problemas iniciais.


ODU: EGI LAXEBORÁ
Caída de 12 búzios abertos e quatro fechados.
Responde: XANGÔ.
Responde: “SIM!”
A força da justiça de XANGÔ favorece o consulente dando – lhe esclarecimentos sobre negócios pendentes, facilitando os negócios ou as transações, desde que estejam de acordo com a verdade e todos tirem proveito dos resultados. Emocionalmente, não admite e nem favorece nenhum tipo de traição.
Odu dos problemas e discórdias que geram os atrasos pessoais e profissionais.


ODU: EGI OLOGBON
Caída de 13 búzios abertos e três fechados.
Responde: NANÃ e OBALUAIÊ.
Responde: “SIM e NÃO!”
Superação de todas as dificuldades apresentadas. Sorte nas relações emocionais e profissionais. Porém, está caída significa transformação com o poder de renovação, com mudanças radicais na vida do consulente. A saúde precisa ser melhor administrada , principalmente os cuidados diários que parecem insignificantes , dando atenção especial ao desgaste desnecessário de energias vitais
Odu das dificuldades,da presença da morte e das paixões obsessivas .


ODU: IKÁ ORI
Caída de 14 búzios abertos e dois fechados.
Responde: OXUMARÊ e OSSAIM.
Responde: “TALVEZ!”
OXUMARÊ sempre responde com fertilidade e dubiamente: em negócios estará favorecendo o consulente com a riqueza e a sorte;
emocionalmente, representa uma forte instabilidade nas relações, não conseguindo unificar a sua predisposição para dois amores e duas situações simultâneas. Indica também traição emocional, devendo evitar, neste momento, qualquer tipo de união ou sociedade.
Odu das vitórias sobre as demandas alheias.


ODU: OBE OGUNDÁ.
Caída de15 búzios abertos e um fechado.
Responde: OBÁ e EWÁ.
Responde: “TALVEZ!”
Existe uma grande probabilidade de conseguir o empreendido, pois EWÁ representa a força, a determinação, a iniciativa e a coragem real, que detém todo o poder para alcançar os objetivos. Tudo o que estiver no início terá perspectivas grandes sucesso.
Contudo, a presença de OBÁ pode propiciar disputas e imprevistos com poucas chances de êxito, caso o negócio em questão já esteja em andamento.
Aqui, simbolicamente, o orixá EXU aparece solicitando oferendas (OBUKÓ).
Odu dos empecilhos confusos e das dificuldades de conclusão.


ODU: ALAFIA
Caídas de 16 búzios abertos
Responde: ORUNMILÁ.
Responde: “SIM, COM CERTEZA!”
Significa a luz, a força e a verdade ao lado do consulente para todo e qualquer tipo de resolução e decisão que precisa tomar. O cuidado, aqui, está apenas na orientação e apoio daqueles que estão ao seu redor saiba avaliar bem as intenções.
Odu da felicidade e da sorte pura, que gera somente triunfos.


CAÍDA DE 16 BÚZIOS FECHADOS.
Solicita-se a Ifá uma nova jogada a fim de que se comprove o intento. Sem respostas.

Uma Música Para Curtir O Feriado

Posted quinta-feira, 19 de novembro de 2009 by ercy

Curiosidades Sobre Cabala

Posted quinta-feira, 12 de novembro de 2009 by ercy
Origem da Cabala
A ciência da Cabala é única na forma como fala de você e de mim, de todos nós. Ela não trata de nada em abstrato, apenas de como fomos criados e como funcionamos em níveis mais elevados de existência.

Muitos livros cabalísticos foram escritos, a começar por Abraão, o Patriarca, que, há quatro mil anos atrás, escreveu um livro chamado Sefer Yetzira (O livro da criação). O próximo trabalho importante foi o Livro do Zohar, escrito no século II a.C. Após o Zohar, temos os escritos de Ari, um renomado cabalista do século XVI. O século XX, por sua vez, viu o surgimento dos trabalhos do cabalista Yehuda Ashlag.

Os textos do Ashlag são os mais adequados para a nossa geração. Eles, assim como outras fontes cabalísticas, descrevem a estrutura dos mundos superiores, como ela descende e como o nosso universo, com tudo o que possui, veio a existir.

O texto de estudo Talmud Eser Sefirot (O estudo das Dez Sefirot), escrito por Yehuda Ashlag, foi concebido como uma ajuda ao estudo, com perguntas, respostas, materiais para repetição e explicações. Ele apresenta a física dos mundos superiores e descreve as leis e forças que governam o universo a partir da esfera espiritual.

Esse material gradualmente transforma os estudantes, porque quando buscamos vivenciar o mundo espiritual, pouco a pouco nos adaptamos às leis espirituais descritas no texto de estudo.

A ciência da Cabala não trata da vida neste mundo. Na verdade, ao estudar esse sistema, alcançamos o nível que possuíamos antes da queda. Durante esta queda, o estudo da Cabala constrói dentro do estudante um sistema igual ao sistema espiritual.

Para assegurar que haja beneficio espiritual da leitura do texto, no Bnei Baruch estudamos apenas com base nas fontes autênticas, dando ênfase naquelas que foram escritas com o propósito de auxiliar o progresso espiritual do estudante.Essas fontes são:

•O livro do Zohar
•Os escritos do Ari
•Os escritos do Rav Yehuda Ashlag
Em sua maioria, nos concentramos nos escritos do Rav Yehuda Ashlag, já que esses textos são os mais adequados para a nossa geração.

Chakras

Posted sexta-feira, 6 de novembro de 2009 by ercy

Banhos Interessantes Para Você

Posted quarta-feira, 28 de outubro de 2009 by ercy

Com Ou Sem Você

Posted terça-feira, 27 de outubro de 2009 by ercy

Para Você Saber...

Posted by ercy

Um Pouco Sobre Os Números

Posted terça-feira, 20 de outubro de 2009 by ercy
Significado de Cada Número
Número 1 : Independente, pioneiro e criativo. As pessoas de personalidade 1 são líderes natos em tudo. Muito autoconfiante, tem êxito em tudo que faz. Significa liderança e ambição. Também é o número que traz coragem, independência, atividades mentais e físicas, individualidade e realizações.

Positivo: Liderança, Pioneirismo, Iniciativa, Coragem, Independência

Negativo: Agressividade, Egoísmo, Egocentrismo, Inflexibilidade, Individualismo.

Número 2 : Muito amorosa e compreensiva. A pessoa de personalidade 2 adora dar atenção aos outros, principalmente para a pessoa amada. O medo da doença faz com que busque sempre uma alimentação mais saudável. São muito atentas e compenetradas. Por ser muito diplomática e ter grande facilidade de adaptação, convive muito bem em todos os ambientes que freqüenta. É muito recatada no amor e sempre o compara ao sexo.

Positivo: Tato, Diplomacia, Paciência, Cooperação, Companheirismo

Negativo: Dúvida, Dependência, Submissão, Passividade, Insegurança.


Número 3 : Muito romântica e sedutora, essa é a pessoa de personalidade 3. Alegres, extrovertidas e sociáveis as pessoas de personalidade 3 transmitem muita confiança no amor e na vida. Quando doentes, precisam de muita atenção. No trabalho, o sucesso virá através de oportunidades inesperadas que exigem pensamento rápido para achar soluções inéditas e criativas.

Positivo: Criatividade, Comunicação, Expressão, Entusiasmo, Sociabilidade

Negativo: Superficialidade, Ostentação,exagero, Dispersão, Imaturidade.

Número 4 : Honesta, leal e perseverante, a pessoa de personalidade 4 é altamente metódica e objetiva. Não gosta de rodeios preferindo ir direto ao assunto. Muito exigente com os colegas de trabalho e amigos, deseja deles a mesma perfeição que busca para si. Perfeccionista ao extremo, inclusive no amor, não gosta muito de inovar e prefere as 'fórmulas' mais tradicionais.

Positivo: Disciplina, Ordem, Estabilidade, Construção, Confiança, Honestidade

Negativo: Rigidez, Crítica excessiva,inflexibilidade, Insegurança, metódico.


Número 5 : Um aventureiro nato, a pessoa de personalidade 5 adora liberdade e os espaços abertos, para que possa gastar toda a energia que tem. Muito agitado em todos os campos da vida, geralmente são irrequietos, super-ativos e curiosos. Também possui forte atração sexual o que condiz com sua sexualidade agressiva e cheia de energia.

Positivo: Liberdade, Curiosidade, Flexibilidade, Versatilidade, Inteligência

Negativo: Ansiedade, Indisciplina, Instabilidade, Impulsividade, Infidelidade.


Número 6 : Carinhosa, compreensiva, meiga, responsável. A pessoa de personalidade 6 é passional e humanista. Com uma grande necessidade de ajudar os outros, ela pode até se sacrificar pelos que ama. Sexualmente aparentemente é passiva mas procura agradar sempre o parceiro. Pode se tornar dominadora e possessiva se sentir-se insegura em relação aos seus sentimentos.

Positivo: Amor, Beleza, Equilíbrio, Família, Saúde, Justiça

Negativo: Utopia, Mártir, Ciúmes, Ressentimento, Dificuldade em aceitar a realidade.

Número 7 : Aparentemente fria e calculista a pessoa de personalidade 7 é na verdade super exigente com ela mesma e com o próximo. Procura sempre executar suas tarefas de forma impecável. Geralmente solitária, ela se isola e precisa de muito tempo para realmente se entregar a qualquer tipo de relacionamento pois prefere este isolamento.

Positivo: Espiritualidade, Introspecção, Profundidade, Perfeccionismo, Controle da Mente

Negativo: Solidão, Pobreza, Exigência excessiva, Auto-Crítica, Reclusão.

Número 8 : Com uma auto-confiança que beira a arrogância a pessoa de personalidade 8 não costuma decepcionar os amigos. Muito disciplinado, sua aparência transmite sucesso e prestígio, que vêm graças ao grande espírito de competição e capacidade de liderança. Adora desafios e por isso é fascinado por relações complicadas. No trabalho critica quando acha necessário e elogia na mesma moeda. É sexualmente agressiva e segura de si.

Positivo: Liderança, Poder, Organização, Perseverança, Auto-confiança

Negativo: Ganância, Autoritarismo, Teimosia, Impaciência, Intolerância.

Número 9 : Otimista, carismático e cheio de vitalidade, a pessoa de personalidade 9 aparenta ter gênio forte, mas na verdade é muito compreensiva, carismática e generosa. Elogia tudo que é bem feito, mas não esconde o que sente quanto à incompetência ou preguiça. Quando apaixonada se torna dócil e passa a ser uma grande amante.

Positivo: Amor Universal, Solidariedade, Serenidade, Compaixão, Sabedoria

Negativo: Amor Universal, Solidariedade, Serenidade, Compaixão, Sabedoria

Um Dos Meus Prediletos

Posted segunda-feira, 19 de outubro de 2009 by ercy

Homenagem a minha filhinha que fez 2 anos

Posted quinta-feira, 15 de outubro de 2009 by ercy

Em Homenagem Ao Meu Filho Gabriel...Meu anjo Aqui Na Terra

Posted segunda-feira, 12 de outubro de 2009 by ercy

Em Homenagem Ao Meu Filho Gabriel...Meu anjo Aqui Na Terra

Posted by ercy

Um pensamento...

Posted terça-feira, 6 de outubro de 2009 by ercy
"Sempre existe no mundo uma pessoa que espera a outra. Seja no meio do deserto, seja no meio das grandes cidades.
E quando estas pessoas se cruzam e seus olhos se encontram, todo o passado e todo o futuro perdem qualquer importância
e só existe aquele momento..."
Carlos Nascimento

Um pensamento...

Posted by ercy
"Sempre existe no mundo uma pessoa que espera a outra. Seja no meio do deserto, seja no meio das grandes cidades.
E quando estas pessoas se cruzam e seus olhos se encontram, todo o passado e todo o futuro perdem qualquer importância
e só existe aquele momento..."
Carlos Nascimento

Fases lunares

Posted quinta-feira, 1 de outubro de 2009 by ercy
A fase lunar é uma das chaves para o sucesso dos feitiços e simpatias. Existem muitos feitiços e simpatias, por exemplo, que são feitos na fase de lua cheia para terem o máximo efeito, assim como os agricultores plantam as sementes na lua cheia. A lua afecta tudo incluindo o humor e as acções. Já deve ter notado que as pessoas ficam mais soltas e mais malucas durante a lua cheia, eu noto muito isso. Existem quatro fases lunares – Lua Nova, Quarto Crescente, Lua Cheia e Quatro Minguante. Cada uma destas fases ocorre num período de sete dias durante as quais as simpatias e os feitiços devem ser feitos. Se somar esses períodos, perceberá que o mês lunar tem 28 dias. O período em que se devem fazer os feitiços é entre três dias antes da fase lunar e três dias depois, o que dá mais tempo para planear e é bom para quem tem uma agenda apertada e não pode fazer o feitiço ou a simpatia no mesmo dia que a fase lunar correspondente.

A lua nova é usada em feitiços que servem para nos livrarmos de alguma coisa.

Quarto Crescente: Durante este período a lua “cresce”. Deve ser usado para magias em que se pretende que algo “cresça”, como amor, dinheiro, poder e outras coisas materiais.

Lua cheia: É nesta fase que são feitos os feitiços e as simpatias mais importantes. A magia é muito mais forte durante esta fase, na minha opinião. A melhor noite é a noite em que a lua está no seu apogeu, em que está mais “cheia”.

Quatro Minguante: Durante este período a lua decresce em visibilidade. É usada para feitiços que fazem algo ir-se embora, como feitiços que fazem inimigos ou maus espíritos irem embora.

Como admirar o negro...Musica belíssima ENJOYYYYYY

Posted by ercy


E Você ainda acredita que é bom ser racista???

Algumas lâminas de tarot

Posted sexta-feira, 25 de setembro de 2009 by ercy

Tarot Namur Lâminas

Posted terça-feira, 22 de setembro de 2009 by ercy









Como ler as linhas das mãos

Posted sexta-feira, 11 de setembro de 2009 by ercy
Escolha uma mão. Tradicionalmente, lê-se a mão esquerda das mulheres e a direita dos homens, mas várias escolas preferem ler a mão não-dominante, que revela informações sobre a persona natural, enquanto a mão dominante revela suas escolhas em termos de como desenvolveu suas personalidades e talentos.[2]
Identifique as quatro linhas principais.


(1) A linha do coração.

(2) A linha da cabeça.

(3) A linha da vida.

(4) A linha do destino.
Interprete a linha do coração. Esta linha pode ser lida em qualquer direção (do mindinho ao indicador ou vice-versa) dependendo da tradição sendo seguida. Acredita-se que ela indique a estabilidade emocional, perspectivas românticas, depressão e saúde cardíaca.


começa abaixo do dedo indicador - contente com sua vida amorosa.
começa abaixo do dedo - egoísta quando se trata de amor.
começa no meio - se apaixona facilmente
reta e curta - um grande interesse sexual, menor interesse romântico.
toca a linha da vida - coração se parte facilmente.
longa e curva - expressa suas emoções e sentimentos livremente
reta e paralela à linha da cabeça - bom em lidar com emoções.
ondulada - muitos relacionamentos e amantes, ausência de relacionamentos sérios
circulo na linha - depressão.
linha quebrada - trauma emocional.
linhas peuenas cortando a linha do coração - trauma emocional


Examine a linha da cabeça. Ela representa o estilo de aprendizado, comunicação, intelectualidade e sede por conhecimento. Uma linha curva é associada com criatividade e espontaneidade, e uma linha reta é ligada a praticidade e uma abordagem estruturada a problemas.


linha curta - prefere realizações físicas às intelectuais.
curva, angulada - criatividade
separada da linha da vida - aventura, entusiasmo na vida
ondulada - déficit de atenção
funda e longa - raciocínio limpo e focado
linha reta - pensamento realista
círculo ou cruz na linha da cabeça - crise emocional
linha da cabeça partida - pensamento inconsistente
várias cruzes na linha da cabeça - decisões momentâneas
Avalie a linha da vida. Ela começa perto do polegar e faz um arco em direção ao pulso. Reflete a saúde física, bem-estar, e mudanças bruscas na vida (como eventos drásticos, mudanças, ferimentos sérios). Seu comprimento não é associado com a duração da vida.


passa perto do polegar - frequentemente cansado
curva - muita energia
longa, funda - vitalidade
curta e rasa - manipulado por outros
faz um semicírculo - força e entusiasmo.
reta e perto da borda da palma - cuidadoso ao lidar com relacionamentos.x
várias linhas da vida - vitalidade extra
círculo na linha indica: hospitalização ou ferimento sério
quebra - mudança brusca de estilo de vida.
Estude a linha do destino. Ela indica o grau em que a vida da pessoa é afetada por circunstâncias externas fora de seu controle.[3]


linha funda - fortemente controlado pelo destino
quebra e muda de direção - propenso a muitas mudanças na vida devido a forças externas.
começa colada com a linha da vida - indivíduo autodidata; desenvolve suas aspirações cedo.
liga-se a linha da vida no meio - significa um ponto em que o interesse do indivíduo deve se render ao dos outros.
começa na base do polegar e cruza a linha da vida - apoio oferecido por família e amigos


Determine o formato da mão, pois cada formato é associado com características determinadas. O comprimento da palma é medido do pulso ao fundo dos dedos.


Terra - Palmas largas e quadradas, pele grossa. O comprimento da palma é igual ao dos dedos.


valoriza solidez e energia, algumas vezes teimoso.
prático e responsável, algumas vezes materialista
trabalha com as mãos, é confortável com o tangível.
Ar - palmas quadradas ou retangulares, com dedos longos e punhos protundentes, polegares baixos e pele seca; comprimento da palma menor que dos dedos.


sociável, falador e esperto
pode ser superficial, frio
confortável com o mental e intangível
faz coisas de modo diferente e radical.
Água - palmas longas e ovais, com dedos longos, flexíveis e cônicos. Comprimento da palma é igual aos dedos, mas menos largo que comprido.
criativo, perceptivo e empático
pode ser temperamental, inibido e emocional.
introvertido
faz as coisas de modo quieto e intuitivo
Fogo - palma quadrada ou retangular, pele rosada ou corada, e dedos curtos. o comprimento da palma é maior que o dos dedos.


espontâneo, entusiasta e otimista
algumas vezes egoista, impulsivo e insensível
extrovertido
faz as coisas de modo instintivo e corajoso.